quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Um sonho de passarinho nas bibliotecas



Olha só que bacana, mal abri a caixa que recebi da editora contendo os exemplares do meu novo livro, Um sonho de passarinho, que saiu da gráfica agora, e já recebi uma notícia sensacional: a Secretaria da Cultura de São Paulo acabou de adotá-lo para distribuir em suas bibliotecas! Parabéns à Editora Suinara, pelo trabalho rápido e certeiro na divulgação! E, claro, como nenhuma obra literária de qualidade surge assim, do nada, quero agradecer do fundo do meu coração os conselhos de algumas pessoas especiais, que, não por acaso, estão junto comigo há muito tempo nesta jornada maluca que é criar e publicar livros: Tatiana Fulas (amiga, mestra e, em breve, doutora em educação), Manuel Filho (amigão, conselheiro e fiel companheiro de maluquices literárias), Shirley Souza (outra parceira de aventuras literárias), Erika Alonso (vizinha de condomínio para quem estou devendo uma visita há alguns anos) e Marcello Araújo (escritor, designer e ilustrador-sofredor que nem eu). E, não menos importante, quero agradecer demais à Cristiane Cardoso, gerente editorial da Suinara, que se entusiasmou e apostou no livro sem titubear por nem um segundo. Obrigado, gente!